Agende sua Consulta:

(11) 5056.0466

(2° a 6° Feira das 08 h às 19 h)

Busca Interna

Jéssica Lissa Zan

Cirurgia Refrativa - Grau

" Há vários anos eu pensava em fazer a cirurgia da miopia. Mais por comodidade que por necessidade, já que tinha um grau relativamente baixo.

Como tinha pouco tempo morando em São Paulo e conhecia poucas pessoas, não tive muitas referências do Dr Frederico antes de ir para a primeira consulta. Porém toda a atenção que recebi desde o momento que entrei no consultório me fez sentir toda a confiança e tranquilidade que precisava para dar este passo. Nem cheguei a consultar nenhum outro médico de tão bem que me sentia.

Desde a primeira consulta o Dr Frederico dedicou todo o tempo que precisei para ter todas minhas dúvidas esclarecidas com respeito à cirurgia. Ele foi muito claro e sincero. Explicou as diferentes técnicas que existiam e as diferenças entre elas, e juntos decidimos a mais adequada para mim, que foi a PRK. Desde um princípio soube que o pós-operatório seria um tanto incômodo e que, embora saísse da cirurgia já com muita mudança na vista, ela só estaria estável após algumas semanas.

No dia da cirurgia estava tranquila. Passei primeiro na sala de preparação, onde a assistente pingou alguns colírios. Também conversei com o Dr Frederico mais uma vez, e ele me perguntou se tinha alguma dúvida com respeito à cirurgia. Já na hora do procedimento, foi tudo bastante rápido. O Dr Frederico explicou passo a passo o que estava fazendo. A única sensação estranha que achei foi não poder piscar enquanto se trabalhava no olho, porém isto dura pouco tempo e não senti nenhuma dor em nenhum momento, já que o olho está completamente anestesiado. Acho que fiquei uns 20 minutos na sala de cirurgia, mas em cada olho acho que não passou de 5 minutos, incrivelmente rápido.

Após a cirurgia já via tudo, e isso foi simplesmente maravilhoso!  Saí com óculos escuros e fui para casa. Após algumas horas a anestesia passou e comecei a sentir muita fotossensibilidade e ardência no olho, tal como já sabia que aconteceria. Nos próximos 2 dias tive que ficar com óculos escuros em casa o tempo inteiro e com o mínimo de luz possível, usando os colírios e fazendo compressa fria que ajudou a aliviar a dor. Consegui dormir bem mas durante o dia a ardência era chatinha. Não tive inflamação na pálpebra e o olho estava levemente vermelho.

Como dica para os 3 primeiros dias: tenha por perto boa música, áudiolivros, celular e uma boa companhia para conversar, porque seus olhinhos você não vai usar.

No quarto dia, como passe de mágica, acordei completamente diferente. Se antes não conseguia tirar os óculos nem para tomar banho, neste dia acordei com muito menos sensibilidade à luz e fui trabalhar já dirigindo. Ainda sentia um pouco se ardência no olho, então procurei ficar pouco tempo no computador.

Embora enxergasse muito bem de maneira geral, via as letras pequenas duplas.

Nas próximas semanas a minha vista foi melhorando de maneira muito notória e percebi que cada olho melhorou em um ritmo diferente um do outro. Mas depois de um mês, um mês e meio, percebi que estava vendo tudo perfeitamente bem. E isso não tem preço! Acordar já vendo tudo, enxergar todos os detalhes longe é incrível.

Fui a algumas consultas de revisão e o Dr examinou minuciosamente minha vista, córnea, qualidade da vista, pressão do olho, tudo. Foram consultas muito completas, e isso me fez sentir cuidada.

Agora, 6 meses após a cirurgia, posso dizer que a experiência, confiança, sinceridade e profissionalismo que o Dr Frederico e sua equipe me passaram foi indispensável para eu estar tão tranquila e garantisse o sucesso de meu tratamento. Estou agradecidíssima e muito muito muito feliz."

Jéssica Zan ? 32 anos.

 

 

Links Relacionados